Biofábrica, o que é?

A biofábrica ajuda os produtores do agronegócio a enfrentarem desafios comuns no cultivo de alimentos. Descubra o que é e as vantagens desse conceito.

Os que atuam na área da agricultura podem contar com conceitos inovadores que ajudam a melhorar a qualidade dos produtos cultivados. Um desses conceitos é a biofábrica. Embora citemos apenas o benefício da melhoria na produção, existem muitas outras vantagens que as biofábricas oferecem. Por isso, é um método que tem sido usado e ampliado em larga escala.

Neste artigo, explicaremos o que são biofábricas. Mostraremos também os benefícios, aplicações e importância para o setor de cultivo de alimentos. Acompanhe os próximos tópicos!

O que são biofábricas?

Explicando de maneira simples, a biofábrica é um centro de produção de sementes e mudas geneticamente melhoradas por meio de técnicas científicas. Sendo assim, é possível obter espécies com boa qualidade. Como modelo de produção, as biofábricas utilizam recursos naturais da região do entorno.

Em termos gerais, a biofábrica ajuda os produtores a enfrentarem uma série de particularidades e desafios comuns vivenciados na agricultura. Por exemplo, para desenvolver plantas, frutas e hortaliças capazes de resistir a pragas e doenças, os pesquisadores da biofábrica usam como insumo: fungos, leveduras, bactérias, micorrizas e outros tipos de organismos.  Dessa forma, se elimina a necessidade de aplicação de agrotóxicos.

Quais são os benefícios para a agricultura?

Um dos grandes benefícios da biofábrica é a possibilidade de produzir uma grande quantidade de alimentos em um curto período. Desse modo, os agricultores conseguem atender as demandas regulares ou sazonais de maneira organizada, efetiva e eficiente. O resultado é o aumento da lucratividade dos produtores do agronegócio.

Devido à utilização de microrganismos benéficos e resistentes na produção das mudas, o solo no qual serão cultivadas, se regenera com maior facilidade. Nesse cenário, pouco tempo após a colheita, o solo se torna um ambiente rico em nutrientes e fértil para o crescimento da nova safra.

Podemos apontar ainda outra vantagem das biofábricas: redução do estresse hídrico (escassez de água ou chuva). As plantas podem ser desenvolvidas para enfrentar a irregularidade de chuvas, longos períodos de seca ou temperaturas elevadas. Para terem essa resistência, são utilizadas algumas bactérias que produzem substâncias ou nutrem as raízes das plantas.

Um terceiro benefício foi apontado no estudo “Biofábricas no cenário atual agrícola brasileiro”, publicado pelo Brazilian Journal of Science. Conforme os dados apresentados, a biofábrica consegue desenvolver plantas com fungos que potencializam em 30% o crescimento das raízes e partes aéreas, bem como em 50% a taxa de crescimento de novos brotos.

A biofábrica é uma forte tendência para o futuro

Devido às vantagens listadas nos tópicos anteriores, as biofábricas despontam como uma forte tendência para o futuro do agronegócio. Segundo a pesquisaO futuro da agricultura brasileira – visão 2030”, produzido pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), a biofábrica será fundamental para a produção de alimentos.

A tendência é que continue a ser melhorada e inovada para que entregue maiores benefícios, como: melhoria dos valores nutricionais de alimentos, resistência a estresses bióticos e abióticos e produção com alto valor agregado.  Sem dúvidas, as biofábricas são essenciais para o cenário futuro do agronegócio.Entendeu o que é e as vantagens da biofábrica? Aproveite para conhecer as soluções tecnológicas para o gerenciamento de produção da Masterplanti! Acesse nosso site!