Controle da produtividade rural

A tecnologia tem revolucionado o controle da produtividade rural. Conheça as principais ferramentas e funcionalidades!

No atual cenário do agronegócio, é difícil separar as atividades de produção das tecnologias de gerenciamento. Afinal, as ferramentas virtuais se transformaram em grandes parceiras dos produtores e negócios rurais. Entre as razões para isso, está a melhoria na qualidade dos processos, bem como o aumento da eficiência e produtividade rural.

Nos próximos tópicos, explicaremos como as tecnologias têm impulsionado o gerenciamento da produção do agronegócio. Mostraremos também quais são as etapas para a implantação de uma eficiente gestão de produção. Acompanhe!

O que é controle da produtividade rural?

Segundo uma pesquisa apresentada em um artigo do Estadão, a tecnologia pode elevar a eficiência do agronegócio em 25%. Isso significa que sistemas inteligentes (como o software de gestão agrícola) são capazes de otimizar, transformar e inovar a maneira como as demandas são realizadas.

Conceito de produtividade rural

Explicando de maneira simples, o controle de produtividade rural refere-se a um conjunto de práticas e ferramentas utilizadas para medir, monitorar, melhorar a eficiência e a produção nas atividades agrícolas.

É uma abordagem voltada para o gerenciamento e otimização dos recursos disponíveis em uma propriedade rural, visando maximizar a produção, reduzir custos e aumentar a rentabilidade.

Quais são as etapas de implementação da gestão de produção?

A implementação do controle de produtividade rural envolve um processo sistemático para estabelecer e acompanhar a eficiência da produção agrícola. Embora as etapas possam variar dependendo do contexto específico, existem algumas etapas gerais que podem ser seguidas.

Definição de objetivos

Identifique os objetivos específicos que deseja alcançar com o controle de produtividade rural. Isso pode incluir aumento da produção, redução de custos, melhoria da qualidade, otimização do uso de recursos, entre outros.

Levantamento de dados que auxiliam no controle da produtividade rural

Realize um levantamento detalhado dos dados relevantes para o controle de produtividade, como áreas cultivadas, quantidade de insumos, mão de obra empregada, maquinário, custos operacionais e práticas de manejo. Esses dados podem ser obtidos por meio de registros, planilhas, sistemas de gestão agrícola ou outras ferramentas adequadas.

Estabelecimento de indicadores-chave de desempenho (KPIs)

Identifique os indicadores-chave de desempenho que serão utilizados para monitorar a produtividade e o progresso em relação aos objetivos estabelecidos. Os KPIs podem incluir rendimento por hectare, custo por unidade produzida e eficiência no uso de insumos.

Como a tecnologia pode ajudar no controle da produtividade rural?

Por meio de uma tecnologia de gestão de produtividade rural, o negócio obtém as seguintes vantagens:

  • Monitoramento remoto – transmissão de informações em tempo real para os agricultores, permitindo que tomem decisões rápidas e precisas com base nos dados coletados;
  • Análise de dados e inteligência artificial – processamento de grandes volumes de informações coletadas para identificar padrões, tendências e correlações relevantes;
  • Sistemas de informação geográfica (SIG) – auxiliam na identificação de áreas com potencial de produção, planejamento, gestão de culturas e contribuem para a tomada de decisões estratégicas;
  • Automação e robótica – otimiza o uso de recursos, reduz custos operacionais e melhora a eficiência da produção;
  • Plataformas e aplicativos de gestão agrícola – essas soluções facilitam a organização e a análise de dados, simplificando o controle da produtividade.

Gostou de conhecer os benefícios e funcionalidades que uma tecnologia pode oferecer para a produtividade rural? Descubra agora as soluções que o melhor software de gestão de produção disponibiliza. Acesse o site da Masterplanti!